Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 18 de maio de 2009

VICTOR HUGO E A ABERRAÇÃO DAS TEODICEIAS


Victor Hugo, após a morte da sua filha, revoltou-se, sentiu-se tentado a blasfemar, acabando por se resignar.
Num poema, escreveu:

Peut-être est-il utile à vos desseins sans nombre
Que des êtres charmants
S´en aillent, emportés par le tourbillon sombre
Des noires événements.

Mais uma justificação para o mal que nos assola. Encontrar consolo nos desígnios obscuros de Deus, uma razão não menos obscura, que legitime os “azares” e desgraças do mundo.
Que aberração a das teodiceias!
JOSÉ MARIA ALVES

Sem comentários: