Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 28 de julho de 2009

PROVÉRBIOS ESCOLHIDOS - (F)





Faça o bem não escolha a quem.

Faca que não corta, pena que não escreve e amigo que não serve, que se perca, pouco importa.

Faça-se justiça, embora desabem os céus.

Faça-se o milagre, embora o faça o Diabo.

Fala a teu cavalo como se fosse gente.

Fala de lisonjeiro, sempre vã e sem proveito.

Fala pouco, diz a verdade, gasta pouco e não devas.

Falar francês como uma vaca espanhola.

Falar sem pensar é atirar sem apontar.

Falar verdade a mentir.

Falas de mel, coração de fel.

Fale embora o mentiroso uma verdade que parece falar sempre debalde.

Favas as primeiras, cerejas as últimas.

Faz aos outros o que gostarias que te fizessem.

Faz da sobriedade o teu orgulho e a tua riqueza.

Faz o bem e não temerás ninguém.

Faz o bem não olhes a quem.

Faz o que eu disser e não faças o que eu fizer.

Faz sempre primeiro o que mais difícil te parecer.

Faz tanta falta como viola atrás de um enterro.

Fazenda herdada é menos estimada.

Fazendeiro tem inimigo, pobre tem mau vizinho.

Fazer bem e não olhar a quem.

Fazer castelos no ar.

Fazer como a avestruz.

Fazer como Pilatos.

Fazer crescer água na boca.

Fazer das fraquezas forças.

Fazer das tripas coração.

Fazer festas a galegos.

Fazer filhos em mulher alheia.

Fazer força só para burro e português.

Fazer gato sapato.

Fazer mal aos animais é indício de mau carácter.

Fazer punhetas a grilos.

Fazer-se de bobo para ganhar bornal cheio.

Febre outonal ou longa ou mortal.

Feito de vilão: atirar a pedra, esconder a mão.

Feliz aquele a quem as desgraças alheias tornam acautelado.

Feliz e infeliz é quem tal se crê e não quem outro diz.

Feliz é o doente que se conhece.

Feliz é quem feliz se julga.

Feliz é quem por feliz se tem.

Feliz é quem só quer o que pode e só faz o que deve.

Festa do Natal no lar, da Páscoa na praça e do Espírito Santo no campo.

Fevereiro quente traz o Diabo no ventre.

Fevereiro seca as fontes ou leva as pontes.

Fia-te em santo e não corras.

Fia-te na Virgem e não corras e vais ver o trambolhão que dás.

Fiado nem a meu cunhado.

Fiado vendeu, inimigo ganhou; amigo perdeu se dinheiro emprestou.

Fianças e confianças têm arruinado muita gente.

Fica para a semana dos nove dias.

Ficar a ver navios.

Ficar com a pulga atrás da orelha.

Ficar com os olhos em bico.

Ficar com uma mão à frente e outra atrás.

Ficar em água de bacalhau.

Ficar para tia.

Figueira a de meu pai; vinha, a que eu plantar.

Filho de avarento sai pródigo.

Filho de peixe sabe nadar.

Filho de puta tira o pai da culpa.

Filhos casados, cuidados dobrados.

Filhos, como os criais; maridos como os acostumais.

Filhos criados, trabalhos dobrados.

Filhos de minha filha meus netos são; filhos de meu filho meus netos serão ou não.

Filhos pequenos, dores de cabeça; filhos grandes, dores de coração.

Filhos quem tem não fale de ninguém.

Finge-te morto, deixar-te-á o touro.

Foge a boca para a verdade.

Fogo come fogo.

Folga o trigo debaixo da neve, como a ovelha debaixo da pele.

Formosura e riqueza não são coisas de firmeza.

Formosura sem amor e sol em Janeiro andam sempre atrás do outeiro.

Formosura sem virtude é flor sem perfume.

Fraco é o padeiro que diz mal do seu pão.

Frade, freira e mulher rezadeira são três pessoas distintas e nenhuma verdadeira.

Frade Nabiça tudo o que vê tudo cobiça.

Fraqueza não é ter sentimento.

Fraqueza não é vício, mas conduz ao precipício.

Freio de ouro não melhora o cavalo.

Freiras e frieiras, é coçá-las e deixá-las.

Frio de mão, quente de coração.

Fruto proibido é o mais apetecido.

Frutos e amores, os primeiros são os melhores.

Fugir do homem orgulhoso que se envergonha de verter lágrimas.



JOSÉ MARIA ALVES
http://www.homeoesp.org


Sem comentários: