Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 28 de julho de 2009

PROVÉRBIOS ESCOLHIDOS - (U)





Um a um, não fica cá nenhum.

Um amor mata outro.

Um anel no nariz indica um selvagem, um anel em cada orelha indica uma civilizada.

Um bom amigo vale mais do que cem parentes.

Um bom conselho até de um tolo se aceita.

Um burro carregado de livros é um doutor.

Um cérebro ocioso é a oficina do Diabo.

Um conceito corrente de democracia: o indiscutível reconhecimento do direito de eu fazer o que me apetece e não o que devo.

Um convidado convida outro.

Um crime não justifica outro.

Um dia frio e outro quente põem um homem doente.

Um doente come pouco e gasta muito.

Um forte rei faz forte a fraca gente e um rei fraco faz fraca a forte gente.

Um homem é velho a partir do momento em que deixa de ter audácia.

Um mal nunca vem só.

Um momento de paciência pode evitar muitos males.

Um no papo, outro no saco.

Um olho a dormir, outro acordado.

Um por todos todos por um.

Um só acto não faz hábito.

Um só rebanho, um só pastor.

Um tolo é aborrecido e um pedante insuportável.

Um tolo sábio é mais tolo que um tolo ignorante.

Um tolo tem sempre outro que o admira.

Uma andorinha não faz a Primavera.

Uma cabeça perdida deita muitas a perder.

Uma criança aos ombros de um gigante enxerga mais do que o gigante.

Uma injustiça feita a um é uma ameaça feita a todos.

Uma maçã pode apodrecer um cento.

Uma mão lava a outra.

Uma mão no leme, outra na escota.

Uns com tanto, outros com tão pouco.

Uns são filhos, outros enteados.

Uns se querem com medo, outros com mimo, outros com rigor.

Urso é quem lhe veste a pele.



JOSÉ MARIA ALVES
http://www.homeoesp.org








Sem comentários: