Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 30 de agosto de 2009

PABLO NERUDA - EU CANTO. EU CANTO...



A luz brusca do sol na água multiplica pombas, e canto.
Será tarde, o navio entrará nas trevas, e canto.
Abrirá sua adega a noite e eu durmo de estrelas.
E canto.
Chegará a manhã com sua rosa redonda
na boca. E eu canto.
Eu canto. Eu canto. Eu canto. Eu canto.

(A Barcarola)


Sem comentários: