Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 19 de setembro de 2009

ANÓNIMO (ÍNDIA) - EMBORA NÃO TENHAM LIMITE AS MINHAS CONQUISTAS




Embora não tenham limites as minhas conquistas
Para mim há apenas uma cidade
E nessa cidade um palácio
E nesse palácio um quarto
E nesse quarto uma cama
E nessa cama uma mulher
Adormecida
A jóia mais valiosa
De toda a minha coroa.

Tradução de Jorge Sousa Braga

1 comentário:

Anónimo disse...

Na minha cidade, perto do mar
Conquistei...
O que para mim, é tudo ...
Para outros, nada ...
A felicidade, o sorriso de uma criança, o meu tesouro
O beijo,as mãos, o amor de um homem tão especial, tão único...
A familia, a amizade, a minha paz....
Não trocaria tudo isto, por nenhum tesouro
Estas são as verdadeiras joias da minha coroa...

"Verde tempestade"