Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

GRIPE, SEQUELAS - TRATAMENTO HOMEOPÁTICO


VER neste blogue, no fim da página, VERBETE » GRIPE - PREVENÇÃO - TRATAMENTO - SEQUELAS.


CLARKE


Doença crónica decorrente de um ataque de gripe –
TUBERCULINUM KOCH de 30 a 200 CH, uma ou duas vezes por semana.

Debilidade –
BAPTISIA TINCTORIA 1 DH, a cada 4 horas.

Perda de olfacto e do paladar –
MAGNESIA MURIATICA 5 CH, de 2 em 2 horas.



TETAU –


Para assegurar uma melhor e mais rápida convalescença, logo que os sintomas gripais terminem –
SARCOLACTIC ACIDUM 9 CH.



Veja-se neste blogue o artigo »
TRATAMENTO HOMEOPÁTICO II –utilize o pesquisador do blogue.

JOSÉ MARIA ALVES
http://www.homeoesp.org/

3 comentários:

becas disse...

Gostei imenso do artigo e das respostas dadas às várias duvidas colocadas.
Sou uma leiga neste tipo de comunicação e por isso nem sei se estou a escrever no local certo.
Mas o meu objectivo é saber como posso contactar o Srº Drº José Maria Alves.
Gostei muito da forma como aborda os problemas, nomeadamente a gripe A, e gostava de lhe poder colocar algumas questões.
Quase nunca recorro à homeopatia, por desconhecimento e receio de ser "enganada", mas acredito nas suas grandes possibilidades.
´
Já agora e porque fui ver o perfil é mesmo da area do direito?

Obrigada
Isabel

becas disse...

Cá estou eu e espero que no sitio certo.
Ora bem, a minha duvida é a seguinte, estou grávida de 20 semanas e ando bastante ansiosa com a gripe A.
Por iniciativa própria comecei a tomar oscillococcinum, da Boiron, uma dose semanal. Não falei com o meu médico obstetra por receio de ele não conhecer.
Gostava de saber se vê algum inconveniente em eu estar a tomar, estando grávida.
Tenho um filho de 2 anos a quem ainda não dei por receio de não ser aconselhável, o que acha?
E já agora, gostava de saber se o oscillococcinum é aconselhável a pessoas com problemas cardiacos ou se tem algum inconveniente, pois a minha mãe também está a tomar uma vez por semana.

Gostava ainda de saber se existe algum remédio homeopático para o tratamento da rosácea. É que eu estava a fazer um tratamento médico que parei por ter engravidado e gostava de saber se existe alguma coisa que não tenha problema aplicar.

Aqui ficam as minhas duvidas

Obrigada

José Maria Alves disse...

Boa tarde Isabel

O medo e a ansiedade são uma porta para a entrada das epidemias, face ao ataque que desferem ao sistema imunitário. Tenha em consideração, que existem epidemias muito mais graves e doenças letais para as quais inexistem tratamentos ineficazes,

Até ao momento, não existem estudos que possam determinar qualquer contra-indicação. No entanto, por uma questão deontológica, vejo-me obrigado a solicitar que consulte o seu médico, ou um médico alopata com formação em Homeopatia. Cautelas e caldos de galinha, nunca fizeram mal a ninguém..., principalmente quando se tem um novo ser dentro de nós.

Divida o tubo-dose em 3 partes e ministre-lhe inicialmente uma parte por semana. Esteja atenta a qualquer sinal ou agravamento. Isto, desde que seja uma criança absolutamente saudável; na negativa, consulte um pediatra com formação homeopática.


Em princípio, não há qualquer inconveniente. Se a mãe apresentar algum agravamento cardíaco, suspenda imediatamente a medicação. Mas, julgo que tal não ocorrerá, atenta a patogenesia do medicamento.


No meu blogue tem 3 medicamentos que podem ser ministrados para a rosácea, havendo que fazer o diagnóstico diferencial dos sinais e sintomas da mesma - ACNE, ROSÁCEA. Estando grávida, sugiro que aguarde.

Um abraço e disponha sempre

Zé Maria Alves