Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

AUGUST GRAF VON PLATEN (1796-1835) - TRISTÃO






Quem olhou a beleza bem no fundo,
À morte logo se foi entregar;
Não serve para as tarefas deste mundo,
Mas ante a morte irá estremecer
Quem olhou a beleza neste mundo!

Eterna é para ele a dor de amar,
Pois nesta terra só um louco espera
A um apelo assim corresponder:
Aquele a quem do belo a seta fere
Eterna é para ele a dor de amar!

Ah, como fonte desejara secar,
Sorver veneno em cada sopro mudo,
E em cada flor essa morte cheirar:
Quem olhou a beleza bem no fundo,
Ah, como fonte desejara secar!

Tradução de João Barrento

Sem comentários: