Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

YUNUS EMRE (século XIII) - TIROU-ME TEU AMOR DE MIM






Tirou-me Teu amor de mim
De Ti preciso e só de Ti
Noites e dias ando assim
De Ti preciso e só de Ti

Nem me alegra ter e haver
Nem me entristece nada ter
Amor me está sempre a aquecer
De Ti preciso e só de Ti

Morte de amor tem quem Te amar
Que empurra até ao fundo do mar
Tua presença enche o lugar
De Ti preciso e só de Ti

da paixão provo o licor
Feito Mejnun subo o pendor
És dia e noite meu ardor
De Ti preciso e só de Ti

O Sufi quer conversação
Vida do além quer o Irmão
Mejnun quer Leyla, sua paixão
De Ti preciso e só de Ti

Se alguma vez for morto eu
A cinza atirem para o céu
Virá da terra grito meu:
De Ti preciso e só de Ti

Yunus me chamam, eu bem sei
Mais ardo e mais fogo terei
Cá em baixo, lá em cima direi:
De Ti preciso e só de Ti

Tradução de Doina Zugravescu


Sem comentários: