Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

ANTÓNIO BOTTO - CASAR, MAS PARA QUÊ...





Casar, mas para quê, se o casamento
Não significa o verdadeiro amor?
E se ele existe – seja como for,
Deixa de ser amor nesse momento.

Leva-se a vida, então, no sofrimento
De um conflito movido no torpor
Que amortece o respeito e esse pudor
Necessários ao lar e ao sentimento.

Com piquenas e raras excepções
O homem e a mulher andam no mundo
Ao sabor das mais loucas tentações...

E, mutuamente, embora não pareça,
Desejam ambos libertar-se a fundo
Ou esperam que a morte os favoreça.


JOSÉ MARIA ALVES
http://www.homeoesp.org

Sem comentários: