Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 13 de dezembro de 2009

SER-SE NATURAL






Ser-se natural.
Ser como a árvore frondosa
Que no silêncio da tarde
Deixa que lhe tirem os frutos
E abençoa com a sua sombra
Todos os que a procuram.
Como a luz da candeia que ilumina
A igreja e o presídio, o padre e a prostituta,
O santo e o ladrão
Ou a chuva que alimenta e faz crescer
O pão e as ervas daninhas.

Quem me dera que os meus dias
Fossem passados com a paz de uma flor,
Das paredes brancas da casa grande da colina
A afagarem o Sol e a Lua,
Sendo o que sou por sê-lo,
Tal como a flor exala o seu perfume
Sem saber qual o seu odor
E a parede a sua alvura sem saber a sua cor.

Sem comentários: