Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

ERNEST DOWSON (1867-1900) - NÃO SÃO DURADOUROS, O CHORO E O RISO






Não são duradouros, o choro e o riso,
Amor e desejo e ódio:
Penso que não fazem parte de nós depois
Que passamos o portão.
Não são duradouros, os dias do vinho e das rosas:
Saído de um sonho enevoado
O nosso caminho emerge por algum tempo, fechando-se depois
Dentro de um sonho.

Tradução de Cecília Rego Pinheiro

Sem comentários: