Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 13 de fevereiro de 2010

PEDRO ALCÂNTARA (século XVI) - ABRAÇA-ME SENHOR


Abraça-me Senhor,
trespassa-me com o fogo
consome-me de caridade,
para que esteja em ti e tu em mim.
Céus e terra, anjos e santos
ajudai-me a louvar o Senhor.
Espíritos ardentes, Serafins
vós que bem conheceis o amor e sua potência,
vinde em meu socorro, pois de amor desfaleço.
Minha única esperança.
Glória, refúgio e alegria.
Meu amado,
a ternura por Ti é o meu coração
tornas cada aurora eterna
luz esplendente, meu íntimo paraíso,
único príncipe merecedor de ser amado.
Quando me farás um sinal?
Quando me atrairás a Ti para ser contigo um só espírito?
Ó amado
amado, digo, com todas as forças
minha doçura, minha vida, escuta-me.
Não olhes para como sou indigno.
Apenas a Tua misericórdia esteja em mim.

Tradução de José Tolentino Mendonça

Sem comentários: