Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 30 de outubro de 2010

HÁ...




Há a sombra do medo nas coisas que amo
Há uma cave vazia no poço do tempo
Há uma estrada vazia onde o dia finda
Há um arbusto em movimento no ciclo misterioso do nascimento
Há um vazio de riacho a correr nas veias da terra
Há um castelo uma carruagem e um rei sem trono
Há um campo de areia semeado com sal
Há a calúnia do riso e o insulto da oração
Há a voz cega dos objectos e a surdez muda dos homens
Há o vento que sopra na mão cheia de ídolos alienados
Há a ilusão do dia uno no carreiro do tudo
Há a ilusão do tudo no caminho de um só dia


Sem comentários: