Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ANSIEDADE E MEDO QUE MELHORAM QUANDO SE DEITA - HOMEOPATIA




Manganum

Ver neste blogue o artigo ARTIGOS REPERTORIAIS – INTRODUÇÃO – (use o pesquisador)

Para o estudo de protocolos, medicamentos unitários, complexos, patologias associadas e tácticas terapêuticas » Veja-se em
www.homeoesp.org » MENU » LIVROS ONLINE » NOVO REPERTÓRIO CLÍNICO HOMEOPÁTICO (por patologias)


6 comentários:

Mary Ju disse...

Caro Dr. José Maria Alves, desde 2008 que perdi qualidade de vida, sempre provocada essencialmente pela ansiedade. No referido ano estive com uma depressão enorme tendo chegado ao ponto de me querer suicidar. Fui tratada com fluoxetina e com ansiolítico visto que tinha frequentes ataques de pânico. Aom fim de 1 ano de tratamento melhorei bastante e recuperei a vontade de viver e o meu ânimo natural. Infelizmente em 2010 a minha vida sofre novo revés devido à doença de um familiar. Voltei a ter muita ansiedade e dificuldade em dormir. Nessa altura tomei um anti depressivo tricíclico que no início me ajudou bastante a dormir mas ao fim de alguns meses me provocava uma ansiedade gigante. Sofria de falta de ar e palpitações frequentes. Então decidi deixar de tomar. Entretanto comeceu a fazer Yoga e acunpuntura o que me ajudou imenso. Tomei também duas fórmulas de MTC. Desde Janeiro deste ano que não tomei qualquer fármaco. Infelizmente nestas últimas semanas a ansiedade voltou a manifestar-se. Embora na maior parte das vezes exista alguma associação a acontecimentos na vida, na verdade desde criança que sempre fui muito nervosa. É muito cansativo viver assim e garanto-lhe que eu sou uma pessoa bastante sociável e animada. Neste momento não estou a fazer qualquer tratamento nem ao nível de fármacos, nem homeopático. Não queria mesmo voltar a tomar medicamentos químicos mas tem havido alguns dias que tenho recorrido a alprazolam para ter um dia normal. Será que pode ajudar-me? Obrigada.

Atentamente,

Joana Costa

José Maria Alves disse...

Bom dia Mary

Temos um historial de ansiedade um pouco complicado - vou concentrar-me nos ataques de pânico e nos pensamentos suicidários.

Que idade tem? Os pensamentos de suicídio desapareceram? Descreva-me os seus ataques de pânico?

Julgo que deveria ser seguida por médico com especialidade em homeopatia, de molde a debelar os seus antecedentes - tenho a intuição (que me sejam perdoadas as intuições...), que há um "material" inconsciente, talvez de origem traumática envolvente.

Agadeço que visite o site »
www.homeoesp.org - em especial - » LIVROS ONLINE » NOVO REPERTÓRIO CLÍNICO HOMEOPÁTICO
Veja também » MENU » ARTIGOS » HOMEOPATIA

Um abraço e as melhoras.

Zé Maria Alves

homeoesp@gmail.com

Mary Ju disse...

Bom dia Dr. José Maria. Grata pela sua resposta.
Actualmente tenho 28 anos. A situação mais grave que descrevi passou-se há 3 anos.
Sim, os pensamentos suicidas desapareceram. Agora olho para trás e nem sequer consigo recever isso em mim!! Ao fim de 6 meses de fluoxetina já tinha a minha vida bastante mais estável. Agora também já não tenho ataques de pânico. Consigo estar em qualquer lado e até andar de avião sozinha :) A ansiedade é que me perturba..porque durante vários meses deixou de se manifestar e agora parece ter voltado à carga. Não me vejo a passar por um episódio de depressão novamente, por exemplo. Acho que já ganhei defesas nesse campo. Apenas a ansiedade é incontrolável. Acontece nas situações mais estranhas do género de estara etr um dia altamente tranquilo, estou em casa no sofá a ver TV e dispara o coração, a garganta fica apertada, fico zonza, etc etc etc.
Vou consultar a informação que me disponibilizou e vou ponderar a questão da homeopatia.

Mais uma vez, obrigada.

Atentamente,
Joana Costa

José Maria Alves disse...

Veja do Novo Repertório os artigos respeitantes a ANSIEDADE, AGORAFOBIA, PÂNICO, DEPRESSÃO.
Analise os medicamentos aí citados e procure enquadrar-se num ou mais - veja no site as matérias médicas.

Quando tem esses ataques de ansiedade, melhora imediatamente quando se deita?

Mary Ju disse...

Bom dia Dr. José Maria. Respondendo à sua questão, não não melhoram. Ou se mantêm ou até pioram. Por vezes sinto-me mais tonta e mais agitada. Prefiro levantar-me e fazer qualquer coisa.
Vou ler os artigos que me recomendou. Entretanto vou voltar a fazer algumas sessões de acunpuntura que sempre me aliviam os sintomas. A minha meta e não usar químicos.

Obrigada mais uma vez,

Joana Costa

José Maria Alves disse...

Boa tarde Mary

Sendo assim, está afastada a hipótese de Manganum.

A Medicina Tradicional Chinesa é também uma óptima opção.

Mas, não deixe de trazer consigo para eventual SOS, um comprimido ou dois de Alprazolam - não podemos ser fundamentalistas.

Um abraço e as melhoras.