Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

DESCALÇO




Conheci-o descalço
Na praia
Em Verões e Invernos

A mesma camisa
Aos quadrados
Com mil e um rasgões

Dormia ao luar
Num batel azul
Morto na areal

Pouco comia
Habituara-se a um caldo
Frio uma vez ao dia

Dizia sonhar
Com florestas de velas
Longínquas
Infinitas
Como o mar


Sem comentários: