Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 27 de agosto de 2011

A MÃO PÉRFIDA DO HOMEM




Milho seco entre canaviais
Cavalos esqueléticos pastam restos de Verão
À beira do rio águas paradas de verde-sujo alimentam árvores sobrepostas em crescimento selvagem
Um imenso silvado invade uma courela
Uma casa destelhada é o centro dos escombros
A mão pérfida do homem ceifou a beleza espontânea da paisagem


Sem comentários: