Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 27 de agosto de 2011

PEREGRINOS




As sementes germinaram nos passos caprichosos dos peregrinos A vigília de amanhã arrastaria parte da multidão para a Glória
Para o âmago do pélago
Porque a magnificência do primeiro e do último dia é como cirro no céu bondoso sorriso de velha além-túmulo com uma garrafa de água bem-aventurada na mão
Não
O Pai de todas as Vinhas demora nos cachos dos teus cabelos ondulados de salgueiro
Entregue à Esperança suaste neve de Verão
Sim
Luz da manhã límpida no burel de morte que a vida enternece sugada ao teu Amor
Céu Terra e Mar num enleio divino de hora ditosa
Seres sagrados
Nenúfar do Lago do Meio
Pássaro-paixão
Guerreiros sentados
Não tenho outros amigos senão vós


Sem comentários: