Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 3 de setembro de 2011

CIÚME E PECADO




Noite pálida de Outono
No meu peito o teu coração repousa ao luar
Passos de Deus a caminhar
Por campos lavrados

Ponho-me a cismar
Enquanto teus lábios observo
Quantos homens não beijarei
Quando a ti te beijar

E penso
Poisando de leve minha mão
Nos teus olhos adormecidos
Que de Alma tão casta

Apenas brota pureza
E só pode ser falta ou pecado
O ciúme que sinto
Do teu prazer passado






Sem comentários: