Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

É TÃO TRISTE O DESAMOR




É tão triste o desamor
No bolorento poente da vida
Em passos de mistério escondido

Na tarde de oiro
Palpita vagueando
De mão em mão
O velho coração de corda

É tão triste envelhecer
A mendigar com o olhar
A visão do Amor e do Mar


Sem comentários: