Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 16 de outubro de 2011

JOGO DE SALÃO



A vida transformara-se na monotonia de um jogo de salão
Por falta de sustento Pobre mãe ao gosto das ondas a colher as velas com tamanha doçura
Os tempos deram-se à costa bravia aliviados pelos trabalhos dos dias ensimesmados de males e dores

Deixem-me subir
Subir
Ao mastro real
Para salvar o amor
Eu
Que não sou como eles
Dinamite em espiga por colher
Linda rosa linda flor a morrer

A varanda abre-se de par em par num ramo ornamentado de palavras escritas ao contrário e na vertical
Uma legião de ofendidos em túneis baloiçam na luminosidade do vento que tanto resvala como ecoa no aroma das folhas desertas

A rainha de espadas escolhe o rei de oiro com chagas nodosas no ceptro eréctil
E faz amor na sombra virgem de um pássaro aceso


http://www.homeoesp.org/livros_online.html



Sem comentários: