Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

LUZES




Luzes
Quero luzes
Que descalço caminho
No Sol por levantar
Onde nem pó
Se vê
Nem os rios que correm
Nas lágrimas de sal
Do coração palpitante
Acendei
Luzeiros
Que cego julgo estar
Com a alma
A cavar centelhas
No mar profundo
Onde me afundo
Pés que na terra não poisam
No caminho perdido
A Lua em foice
Cheira a antigamente
Nas folhas do espelho
Pupilas baças
De céu inquieto
A ecoar
O mais suave e luminoso
De todos os perfumes


http://www.homeoesp.org/livros_online.html

Sem comentários: