Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 16 de outubro de 2011

NADO-MORTO




Morreu quando nasceu
Feliz

Alegria de noiva
Esperança de noivo
Por casar

No rosto da tristeza
Que olhares não deita
Aos lagos verdes
De algas bonançosas
Não brilhou a Lua
E o regato calou
O som das luzes
Em floração

As árvores não o viram
Com a faixa a ressumar sangue
E ele nado-morto
O pai não viu
Repousar
Com cruz aos pés
E lápide no coração


http://www.homeoesp.org/livros_online.html

Sem comentários: