Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

PUTAS HÁ-AS SÉRIAS E AS QUE O NÃO SÃO










Putas
Há-as sérias
E as que o não são

As sérias
Sabem que são putas
Assumem a sua putice
Inata
Descarada
De mulher perdida
Ou são putas e não o sabem
Saudáveis
Porque não têm consciência
De que foder por dinheiro é pecado
E então
São putas inimputáveis


E há outras
Mais putas
Que as putas
Escondendo-o
Mal escondido
Por baixo do vestido
Seja de todas a mais bela
Ou a mais feia
Porque há sempre um testo
Para cada panela

Mostram-se distantes
Sérias
Constantes
Recatadas
Senhoras de mil lavores
Que se vendem
Por oportuno casamento
Por bom trabalho
Por favores
Pagos a um qualquer c......

Senhoras na rua
Putas na cama

E como os homens
(diz Schopenhauer judicioso)
Andam meia-vida nas putas
E na outra meia
São cornudos
Daí
Tantas putas há
Nas ruas
Em casa
Nas empresas
Nos motéis da auto-estrada

E porque para cada putanheiro
Tem de haver uma rameira
Anda o mundo sempre arranjado
Meio por meio
De putas e cabrões
A troco de alguns tostões

Pura aritmética


http://www.homeoesp.org/livros_online.html



Sem comentários: