Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

A MULTIDÃO É UMA ABERRAÇÃO




A multidão era uma aberração Quase sempre o é
Amontoavam-se nos transportes públicos como quem quer apalpar e ser mutuamente apalpado
Gritavam impropérios nos desfiles contestatários da fome Invocavam filhos e netos Odiavam governantes de expropriações recheados a moedas acumuladas na venda dos mártires
Era a revolução do seu próprio e feio umbigo alimentado a cotão imemorial Dos seus instintos mais vilipendiosos Destruição dos reinados da fraternidade sepultados no esquecimento dos valores em jazigo a céu aberto
A multidão erguia a sua espada romba contra a aberração a sua própria aberração há muito desviada do seu fim natural casada com a cínica fome do ouro e dos dinheiros
Seus deuses primeiros


http://www.homeoesp.org/livros_online.html

Sem comentários: