Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 10 de dezembro de 2011

PALAVRAS VENENOSAS




Palavras de arsénico
Dissolvidas cautelosamente
Num café frio

O poema
Um vaso cheio
Que se oferece
Ao poeta somente

Quem entende
Quem o compreende
E porque é que se escreve?

Divertimento de semente a criar raízes de mortal augúrio num tanque de água quente
Lodo e poeira
A esvaziar lentamente
Um antigo recipiente


http://www.homeoesp.org/livros_online.html

Sem comentários: