Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 8 de janeiro de 2012

ODES - 10



Como é pobre vil e doente
O coração que não sabe amar
Que não se embriaga de amor

A melancolia da solidão
De um corpo plangente
Nu e só no esplendor da noite

Se no mundo
Há gente que não ama
Certamente não entende
Na ausência do amar
A palavra deslumbrante do Sol
E a leve doçura do luar
Belo a deslizar
A perder de ver
Pelo verde vale do prazer


Versão JMA


http://www.homeoesp.org/livros_online.html

Sem comentários: