Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

ODES - 97



Noite escura
Espectros fulgentes
Silêncio
A folhagem estática
Num ramo incandescente
Como o meu pensamento

De uma rosa
Exemplo que julgas
Ser do teu esplendor
Cai uma pétala

Onde estarás tu
Neste momento
Tu que me brindaste
Com o cálice de cristal
E lábios purpurinos
Pelos quais suspiro?

Nenhuma rosa
Se desfolha junto
De quem acaricias
Com teu cântaro

E sei que ninguém
Te pode entregar a felicidade amarga
Com que eu te embriagava


Versão JMA


http://www.homeoesp.org/livros_online.html

Sem comentários: