Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 1 de abril de 2013

COMBATE





hinos de atribulação açoitam os ares

trago comigo o meu endereço
eu não sou deste mundo

o mais mítico de todos os homens
aquele que devaneia na imobilidade da carne
encontrar-me-á na sórdida imundície da existência

juntos combateremos na direcção da morte
até que o pélago transborde de agiotas
onzeneiros bifrontes filhos-candongueiros de um povo propício e idiota por destinação
 
haveremos de reunir ainda que tardiamente todo o meu sangue até que tudo fique límpido e amavioso
como espelho ao sol doloridamente nascente
em vítreo luzeiro resplendente




Sem comentários: