Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 22 de abril de 2013

LIBERDADE FERIDA DE MORTE





vieram as trevas cobrir as fontes do estio
secaram os rios caudalosos da esperança

ó liberdade ferida de morte
desordem nascente de choro por curar

passara ano e dia e o corpo sombrio
afogava-se na disforme hora da desolação

a porta aberta ao amor exalado por nuvens térreas

o sono primaveril é sempre mais curto
propício ao frémito dos músculos lisos

feliz é o amante que vive com o sono ao lado
penetrando a noite com a espada sacrificial




Sem comentários: