Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 1 de abril de 2013

PAIXÃO DE CREPÚSCULO





candeia acesa na terra onde fui nascido
aí conheci a honra que é palavra de sangue quente

o rio do sofrimento é um sonho repetidamente sonhado nos antigos lençóis gelados
o sono o túmulo por momentos emprestado
na corrente contínua do movimento galáctico

lagos geados esvaem-se em cândidos sorrisos
que aves migratórias carregam nos dorsos arrijados
pesados fardos em motim de mareante exausto

o passado mergulha no esplendor magnífico do palácio da aurora
e acha-se sem remédio desmandado na corrente esquiva e borbulhante dos dias
rosa que murcha na paixão do crepúsculo


*

corpo nu de cristal
leve puro e frágil –
perfeição-sem-sentido





Sem comentários: