Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 12 de outubro de 2013

DORES DE PORTUGAL




as águas do rio subiram naturalmente

nas suas gelhas cintilam estrelas

passa um veleiro em bolina cerrada
para onde irá
sul onde o quente é mais quente
norte     setentrião onde a terra é gelada

marear a cavalo na nortada

gente nas margens
uma marina cheia de nada

onde estão os navegantes
os sólidos pescadores?

oh dores de portugal
que morre e deixa morrer
nos catres de farrapos transfigurados
a imagem lúcida da afoiteza

dóris gelados 
nos mares cruzados 
dos bancos da terra nova
ornados a gelo e névoa

uma viúva perdeu o marido
pelo seu filho agora reza

erva orvalhada

por destino o solo desprezado





Sem comentários: