Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

O ETERNO MOMENTO




encerra-se a golpelha ao rolar das trevas
não desaguam pensamentos nem se ausentam

o corpo cadavérico quase extinto
a alma lívida quebra liames  

o aposento aquieta-se
o momento eterniza-se

esvazia-se a razão
corta-se a atadura

a mente serena
na dulcidão do letargo

é sumo e é pena
do que vem amargo

quando a paz abala
sem o dizer a ninguém





Sem comentários: