Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

HORAS AMOTINADAS




sussurram as folhas nas horas amotinadas

no monte branco a carne da virgem sem mastro rastejava ofegante
sonho incerto de vaso santo
penetrado por misterioso florescer

onde haveria de esconder o juvenil tesoiro
quando as moscas zunem sobre a penugem claramente visível

soam três badaladas na pradaria desolada

um rio orgulhoso despedaça-se nos rochedos da nudez

melífluo aguaceiro de fêmeas verdejantes





Sem comentários: