Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 2 de junho de 2014

O REGRESSO DAS AVES NOCTURNAS




o regresso das aves nocturnas à mancha esverdeada do testemunho dos infiéis     o sol cai no mundo dos homens entre placas de mármore carregadas de distantes e altaneiras montanhas
ela esperava-o naquela estação cinzenta e fria adornada a mendigos e ouriços solitários     na vastidão do desejo o lótus encarnado e entumecido agitava-se no fumo branco de uma lágrima 
ah as luzes naquele mar imenso da planície ribatejana   sonho de um orgasmo com ramos crescentes
era impossível descrever a ânsia primaveril do coração  submergido nas longas noites de incenso devastado     o beijo do encontro já possuía a essência da peçonha de todas as partidas
árvores verdes brotavam das searas sumidas no êxtase oculto do biombo lacado
um ceptro adocicado modelou a escuridão de seu corpo incendiado





Sem comentários: