Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

DE LADO



lá fora o silêncio rumoroso dos que já não amam        vagueio pelos intermináveis corredores do quarto e transformo a sede do deserto tumefacto em orgasmo      o teu corpo é feito de musgo como as catedrais que fundem a volúpia dos ventres nas cúpulas ancestrais      nas mais profundas grutas tenho-te e não te tenho      pouco é o que vejo      nado na sombra da tua vagina  
de lado





Sem comentários: