Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

DEMORO-ME NO ACTO DE AMOR FAZER



demoro-me no acto de amor fazer        a primavera desperta lentamente e as mesmas flores de antigamente demoram a florescer        curva-se o corpo suado ao prazer        os orgasmos sucedem-se        o meu guardo-o ciosamente para que momento a momento tarde noite manhã possa escutar teus gemidos alcançar os teus espasmos deslizando por ti na rosa dos dias até que o cansaço vença o furor do sabre empunhado ao cintilar das constelações naquele sabor de sal florente que só aos amantes é dado ter
afinal o orgasmo é parte ínfima de extenso gozo celestial





Sem comentários: