Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

AO AMANHECER



espero paciente o amanhecer desfolhado da razão para depois adormecer        os dedos gelam soterrados nas cobertas devoradas pela noite      escrevo sobre o obscurantismo      espinhosa tarefa de quem calcorreia os dias na sombra das janelas abertas à superstição dos rostos afogueados pela palidez da alma        altero o rumo no turbilhão das ideias que despontam nas floreiras várias e digo às vestes envelhecidas pela náusea um adeus definhado e amarelecido
nesta morada temporária secaram todos os detalhes ânsias e virtudes      dispersaram-se os momentos no vómito bilioso das íngremes e letais circunstâncias




Sem comentários: