Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

AMOR QUE MATA




O poço negro
Cavado pelos escravos de nobres senhores
Preferido entre todos
Por cachos de suicidas amorosos
Nutre a figueira de frutos luzidios
Na última erecção dos Enforcados

À sua cautela
Pobres donzelas
Escudeiros de membros frágeis
Exalando o espírito de sólido reino
Em corações pela força trocados

Extasiada a deusa
Pelo jovem que a busca
Atento caçador na profunda brenha
Que de Amor morre
De Amor mata


Sem comentários: