Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 26 de abril de 2011

ALEXANDRE MAGNO E DIÓGENES



Alexandre, tendo ouvido falar de Diógenes, quis conhecê-lo.
Quando o encontrou, disse-lhe:
- Eu sou Alexandre, o grande rei.
Diógenes, respondeu sem se intimidar:
- Eu sou Diógenes, o grande cão.
Alexandre, intrigado, perguntou-lhe o que queria dizer com tão estranha afirmação.
Diógenes, explicou-se:
- Adulo os que me dão presentes e provimento à minha subsistência, ladro aos que nada me dão e mordo aos que têm a alma contaminada pelo mal.
Alexandre, um tanto desnorteado e impressionado com a resposta, prestou-se a oferecer a Diógenes o que ele lhe pedisse.
Diógenes pediu a Alexandre:
- Apenas quero que saias da minha frente, pois estás a privar-me do sol.




Sem comentários: