Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 29 de maio de 2011

ABELARDO



Nasceu em 1079, tendo falecido em 1142. Foi discípulo daquele que foi considerado por alguns investigadores o primeiro escolástico, de nome Roscelino – da sua doutrina muito pouco se sabe, já que dos seus escritos resta-nos apenas uma carta a Abelardo sobre a Trindade.

O livro mais famoso do filósofo é o Sic et Non. Escreveu uma obra de lógica, denominada Dialéctica e um interessante Diálogo entre um Judeu, um Filósofo e um Cristão. Este diálogo confronta três homens, cuja crença é num Deus único, mas com diferentes argumentos. O Judeu apoia-se no Antigo Testamento, o Filósofo no exercício da razão e o Cristão no Novo Testamento, que concilia fé e razão. Na sua perspectiva, Cristo, contém a verdade do judaísmo e a verdade filosófica, reconciliando-se assim, fé e razão.

Contrariamente a Santo Anselmo privilegia a razão e a dúvida. Para além das Escrituras, infalíveis, tudo é falível, duvidoso. Por ter impulsionado a investigação racional, alguns autores referenciam-no como o fundador do método escolástico. No entanto, quando a razão não tiver meios para atingir a verdade, o homem deve respeitar a autoridade, conquanto afirmação que pareça verdadeira a todos os homens ou aos mais doutos de entre eles. Mas, a fé, se cega, é algo instável e suspeito. Para crer é necessário compreender.

Deus com todo o seu poder, apenas podia fazer o que fez e o mundo foi necessariamente crido.

A alma é uma essência simples, que tem em si a imagem da Trindade, incorpórea, mas princípio de vida.


Estudo temático. Para um maior desenvolvimento e conhecimento de outros filósofos sobre os temas versados, ver no site »
www.homeoesp.org »
Menu » Livros online » Deus, Alma e Morte na História do Pensamento Ocidental.


Sem comentários: