Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O ÚLTIMO DOS NAVEGANTES DE SONHO




Costumava sentar-se nas rochas passajadas e batidas por golpes de mar Umas vezes tão terno Floco de neve nas mãos da criança marítima Outras violento soldado com a mão direita a tremer o gatilho da morte Só custa matar a primeira vez A partir daí matar e ver morrer a quem não se quer é tão normal e arrepiante como amar corpo que se não conhece
Parecia estar cansado da vida dos homens na marina-passadeira de pernas sapatos roupas de marca e sorrisos elegantes e asnáticos Raramente os olhava e quando olhava o seu olhar atravessava carne vísceras e ossos fixando-se num além indecifrável
Via-o do meu veleiro quando nas noites de luar preparava o aparelho para soltar as amarras da mente na vastidão das águas pintadas de escuro azul
O seu rosto era sempre o mesmo Rugas torneadas pelo sol da angústia leitosa Pouco lhe importava a ferida que o meu pesado patilhão abria no coração do mar fazendo-o sangrar As minhas velas lembravam-lhe as asas duma gaivota esfomeada
Nunca quis partilhar uma viagem ao mar profundo O seu olhar circular envolvia todos os oceanos com seus cabos tormentosos temporais e calmarias
Horn e Boa Esperança
Hoje não o vi
Dizem-me que morreu
O último dos Navegantes de Sonho
Reduzido a cinzas
Sepultado no horizonte do seu olhar
Ouve se me ouves
Partirei do teu lugar
Mas não morrerei em terra
Morrerei no Mar
E de todos vós
Que amo e amei
Vosso nome
A maiúsculas escrito
Na areia deixarei


3 comentários:

anomino disse...

SEI QUE O QUE VOU FALAR TA NO LUGAR ERRADO MAS N SEI ONDE DEIXAR A MSG.....Ola Jose Maria, sou casada, tho 29 anos, sou enfermeira mas nunca confio no que eu faço já que sou extremamente insegura em tudo que eu faço uma pessoa MT ansiosa, medrosa, pessimista, tirei carteira te quase 6 meses, mas ainda n conseguir dirigir, sou uma pessoa MT tímida, internalizo demais os problemas, não sei expressar o que sinto, sou MT chorona, nervosa, irrito fácil, mas n expresso nada disso, sofro tudo calada, não consigo falar em publico, eu fico tão ansiosa que meu intestino solta, ultimamente venho sentindo MT dor de cabeça, não tenho vontade de nada até o sexo eu perdia a vontade, da vontade so de ficar na cama, qdo estou ansiosa sinto falta de ar dor no peito, mha pressão sobe, quando estou ansiosa eu como MT, acabei engordado uns 7 kg ou mais, e fico MT aguniada pq engordei e fico mais triste pq sou desse jeito sofro MT, acaba que fiquei esquecida demais, acho que estou com depressão, pois choro com tudo, se to feliz ou triste eu choro tho MT medo de doença e perder mha família, resumindo da morte, me ajuda por favor peço SOCORROOO.

anomino disse...

esquecir de falar ja fiz tratamento da homeopatia e parei, ja tomei, silicio, pusatila, gelsuim, obrigada

José Maria Alves disse...

Boa noite Amiga

O seu quadro é complexo.

Tenho de a aconselhar a procurar um médico, de preferência com especialidade em Homeopatia.

O seu caso clínico impõe um acompanhamento presencial constante.
Mas estou certo de que tudo irá correr pelo melhor.

Experimente complementarmente, fazer algum dos exercícios que constam do livrinho O CAMINHO DA LIBERTAÇÃO.

Vá a www.homeoesp.org » MENU » LIVROS ONLINE

Um abraço e as melhoras