Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 11 de outubro de 2014

DA TUA BOCA



da tua boca
nascem golfadas de azul
um azul tão macio
que é vício
no ofício da arte de amar

o pulso dos dias
estagna nas tuas pernas redondas

os gemidos do quarto
afogam os orgasmos

e nessa febre salivada
há um mar imenso
tão meigo   desordenado   despido
que ao grito do prazer
se queda no tempo
estagnado





Sem comentários: