Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 15 de fevereiro de 2009

A INDIFERENÇA À REPUTAÇÃO



Era um Mestre paradoxal e contraditório, chegando a ser extravagante. Era alvo de muitas críticas e censuras de muita gente.
Um discípulo disse-lhe:
“Porquê essas mudanças de atitude? Está a apostar a sua reputação para nada.”
“Isso é precisamente o que pretendo, não pretendo ter reputação.”
“Não percebo, é um Mestre que reconhecemos, mas as suas extravagâncias minam o seu prestígio.”
“Ouçam: aquele que procura a reputação obceca-se; aquele que tenta mantê-la, preocupa-se e fica angustiado. Quem pelo contrário é indiferente à reputação, vive muito calmo e é feliz. Além disso, a reputação é como um visitante que, antes ou depois, acaba por partir. Mas o que cada um é, isso permanece. Sinto-me bem porque só me interessa o que permanece, não o visitante. Desfruto do que é permanente em mim e o visitante é-me completamente indiferente. Quem não gostar, pode partir em busca de outro mestre.”


JOSÉ MARIA ALVES
http://www.homeoesp.org

Sem comentários: