Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 12 de outubro de 2013

A CADA UM O SEU CAMINHO




o dia está pintado de castanho     as estrelas caíram desamparadas no lago onde ardem os lenços erguidos da mocidade tão inglória quanto inútil
delícias da carne a roçar os penhascos intransponíveis     a cada noite capitula a tua virgindade como ramo rubro de papoilas silvestres     o prepúcio rende-te homenagem na leveza do voo onde abundam as vozes da infância     as casas são recentes e tingem a paisagem civilizada de infecções oftálmicas     é este o soberbo mundo das inestéticas mãos frias cinzeladas com ressentimentos aguçados     o céu negro tomba retumbante nas águas apodrecidas das comportas     charco do coração com o pecado ao lado junto ao fundo acre que sorri à criação desastrada
que cada um siga seu caminho
estrada da vida rumada no meio do mar





Sem comentários: