Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sábado, 12 de outubro de 2013

HOJE TENHO-ME A MIM




as velas tremulam no quarto silencioso
chamas que abrasam o mundo

o pequeno transforma-se no grande
limite natural ao pudor do desejo

uma alma que se abre no denso bosquete
tesoiros não trazem paz

guarda esse beijo     essas carícias
hoje tenho-me a mim
príncipe sereno do deleite
tempo medido pela ampulheta vaga 
na sobriedade de meu pobre quarto





Sem comentários: